quinta-feira, 20 de junho de 2013

VOCAÇÃO E EDUCAÇÃO 23 de junho, dia da Educação Cristã Missionária e do educador cristão batista mineiro


O propósito deste dia, dedicado a Educação Cristã Missionária e, recentemente, escolhido pelos batistas mineiros, como o Dia do Educador Cristão, nos faz pensar sobre a vocação e educação, na perspectiva de ser dois lados da mesma moeda, como uma oportunidade de reflexão e alinhamento das ações.

Vocação vem do verbo no latim "vocare" (chama?). Assim vocação significa chamado. É, pois, um chamado de Deus. Se há alguém que chama, deve haver outro que escuta e responde. Educação é a forma nominalizada do verbo educar. Veio do verbo latim educare, cujo sentido era de criar (uma criança), nutrir, fazer crescer. Neste sentido, é uma condução, uma caminhada entre o mestre e o aprendiz.

Se Deus chama, e Ele chama, vocacionando alguém para uma obra específica, aquele que atende ao Seu chamado, deve se preparar, se educar. Para isso, existem a escolas especializadas na formação dos obreiros, para aonde vão os vocacionados. Quando Deus chama, determina também aonde cada um vai servir, pois ele é o Senhor da seara (Mt 9.38). Assim, surge a figura do Missionário, aquele que recebeu de Deus uma missão e do Educador Cristão, quem tem a missão de cuidar da parte educacional nas igrejas. Um atua na plantação das igrejas, indo aos campos, enquanto o outro cuida da coordenação da Educação religiosa na igreja. Desta forma, a metáfora utilizada dos dois lados da moeda aponta, primeiramente, para a educação como preparo e formação, capacitando o obreiro para a obra, e depois, como apontado aqui, para a figura do missionário (Educação Cristã Missionária) e do Educador Cristão (Educação Religiosa). Todos são necessários ao reino. São ministérios diferentes, em frentes diferentes. Deus é quem dá a direção e o faz segundo sua autoridade e soberania.

O reino de Deus é o lugar dos chamados. O chamado para a salvação é para todos. Quem crer em Jesus é salvo. Do meio dos salvos, Deus chama alguns para a obra do ministério (Pastor, Missionário, Educador). Deus chama pessoas e o faz na expectativa de que sejam obedientes. Você tem sentido algum chamado? Sente vocação para uma obra especial? Se sim, a única resposta a ser dada, é a mesma dos servos obedientes: “Eis-me aqui”.


Pr. Wagno Alves Bragança