segunda-feira, 14 de março de 2011

Mulher Madura

Ivone Boechat

Esse ar puro oxigenado de maturidade
me dá o aspecto de que já vi tudo na vida,
disposta a rever a própria vida.

Este sentimento de mulher humana
me dá o direito de viver feliz,
inspirando segurança,
como se já tivesse tudo o que quis.

Esse jeito felino ou de criança
me dá a certeza de ser forte como nunca,
agarrada nos braços da esperança.

Essa determinação de chegar faceira,
sem ter que explicar nada
nem dizer porque,
me dá a sensação
de estar no auge da vida, a vida inteira.

2 comentários:

  1. MULHER


    Um aroma suave
    exalou das mãos do Criador,
    quando seus olhos contemplaram
    a solidão do homem no Jardim!

    Foi assim:
    o Senhor desenhou
    o ser gracioso, meigo e forte,
    que Sua imaginação perfeita produziu.
    Um novo milagre:
    fez-se carne,
    fez-se bela,
    fez-se amor,
    fez-se na verdade como Ele quer!
    O homem colheu a flor,
    beijou-a, com ternura,
    chamando-a, simplesmente,
    Mulher!

    Ivone Boechat
    Publicado no meu livro AMANHECER 3ª.Ed Reproarte- RJ 2004

    ResponderExcluir
  2. Sou mulher

    Sou mulher,
    com as aflições e a inspiração do poeta,
    o esplendor e a serenidade das mães!

    Sou uma canção de ninar,
    experimentadora dos sabores do tempo,
    estrela da constelação familiar!

    Sou letra e música da canção
    do mais puro sentimento
    que a mulher é capaz de cultivar!

    Sou feita síntese do segredo de amar,
    tenho fases minguante e cheia,
    assim como o luar!

    Ivone Boechat

    Publicado no meu livro AMANHECER 3ª.Ed RJ 2004

    ResponderExcluir