segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Os quatro pilares da educação


A comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI, coordenada por Jacques Delors, apresentou um Relatório para a UNESCO: Os quatro pilares da educação. O Relatório está publicado em forma de livro no Brasil, com o título Educação: Um tesouro a Descobrir (UNESCO, MEC, Cortez Editora, São Paulo, 1999). Marcos Tuler (Abordagens e Práticas da Pedagogia Cristã. Rio de Janeiro. E Ed. CPAD, 2006) faz uma síntese do argumento: “...aqueles especialistas concluíram que, para agir eficazmente, o aluno do nosso tempo deve exibir certas competências imprescindíveis ao desenvolvimento do ser humano: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser”.

Na Escola Bíblica Dominical, com certeza, esses princípios são sumariamente obedecidos pelos professores que ensinam a Palavra de Deus:

Aprendendo a conhecer na EBD – Para tal, o professor deve combinar sua cultura geral para trabalhar em profundidade um pequeno número de matérias, ou seja, aprender a aprender para beneficiar-se das oportunidades oferecidas pela educação ao longo de toda a vida. Deve o professor fazer uso das competências individuais de cada aluno da EBD para que eles se sintam participantes do processo de ensino-aprendizagem.

Aprendendo a fazer na EBD  Para tal, o professor deve ajudar seus alunos a trabalhar em equipe e envolvê-los em atividades práticas, em experiências sociais ou de trabalho voluntário. Na igreja, principalmente, nos ministérios de cunho social (trabalhos comunitários etc.), há plena possibilidade de relacionar teoria e prática.

Aprendendo a conviver na EBD- O ensino na Escola Bíblica deve priorizar a comunhão, o respeito, a igualdade de direitos e deveres, criando um ambiente de interdependência. Cada aluno, que faz parte do corpo (no caso, a classe), deve estar envolvido e ser participativo. Hoje, cada vez mais, precisaremos aprender a gerir os conflitos provocados pelos valores pluralistas e pelo desejo de expressão individual de cada um.

Aprendendo a ser na EBD- Um olhar para os conteúdos bíblicos que estudamos vai dar conta dessa construção do ser à luz da imagem de Deus em Cristo, nosso exemplo maior. É evidente que as palavras-chave aqui são autonomia, discernimento e responsabilidade pessoal. Mas, em nosso caso específico, como discípulos de Jesus, nossa personalidade é resultante, também, do esforço do Espírito em nos santificar e edificar para a glória de Deus.

Conhecer – Fazer – Conviver – Ser são, à luz da Bíblia, diretrizes para a educação cristã no século 21. Você está pronto para fazer a sua parte como facilitador da aprendizagem e, também, parte integrante dela? Que Deus o abençoe nesta importante tarefa.

A Deus toda a glória!

Extraído do jornal EBD outubro 2010 ano XXXII, nº 131, pág. 2






















Nenhum comentário:

Postar um comentário