terça-feira, 21 de setembro de 2010

Ações cidadãs- Quem deseja adotar um abacateiro?


21 de setembro de 2010 o jovem Bruno de 23 anos está em seu carro no centro da ciade de Belo Horizonte, parado em um dos sinais de trânsito. De repente vem ao seu encontro uma menininha com uma muda de árvore nas mãos, lhe oferecendo como presente. Antes mesmo que ele pudesse lhe explicar que mora em apartamento e não tem como plantar aquela muda, ela desfila todo o texto decorado sobre a árvore, o meio ambiente e a necessidade de cuidar do nosso mundo. Ele ri de satisfação! Ele tem todos os argumentos para recusar o presente mas não deve. Como recusar um presente oferecido por uma linda menininha que passou a semana, ela e seus colegas de escola, aprendendo sobre plantas, meio ambiente, ar puro, água limpa. Mais ainda, que que contou as horas para a chegada do dia da árvore, para que todos fossem para a rua sensibilizar os adultos da necessidade de amar um pouco mais o planeta!



Ele, o Bruno, pega então das pequenas mãos da menina linda, da pequena cidadã aquela planta no saco plástico e toda cheia de lama. Não sabe direito o que fazer. Uma professora fotografa, a outra filma e a menina ri seu riso livre porque acredita que convenceu Bruno a cuidar do ababacateiro.



Infelizmente Bruno não tem sequer um palmo de terra para plantar a árvore. Mas ele ganhou o dia. Ao invez de rumar para o trabalho volta em casa para guardar o abacateiro e lavar as mãos sujas de lama. Com essa atitude já estava cuidando da planta, já era um cidadão melhor que antes.



A história ainda não teve seu fim porque o abacateiro precisa de um quintal de terra e de alguém que possa dele cuidar, dando-lhe água fresca, adubo e terra fofa para que ele cresça e produza abacates.

Um comentário:

  1. Gostaria apenas de ressaltar que a escola em questão fica no Bairro Ouro Preto na região da Pampulha. Sou uma das funcionárias da mesma e fico muito feliz em saber que o nosso trabalho está dando resultados. Ao Bruno um muito obrigada por não decepcionar a nossa pequena e a vocês do blog obrigada por darem continuidade ao nosso trabalho e abraçarem essa causa em defesa do meio ambiente. Sozinhos não somos nada, mas juntos podemos fazer coisas grandiosas. Obrigada mais uma vez, Ana Paula.

    ResponderExcluir