domingo, 11 de julho de 2010

A CESTINHA MÁGICA





Autora- Laila Melo Pires
(produzida em oficina de Contação de Histórias)



Certa vez, uma menina ganhou uma cestinha de aniversário, de seu pai. Ao receber o presente a menina ficou desapontada interrogando:

__ Papai, mas por que uma cestinha? O que vou fazer com ela? Eu queria mesmo era uma boneca!

O pai, sorrindo respondeu:

__ Filha esta cestinha não é apenas uma cesta qualquer. Esta cesta, minha querida, tem poderes mágicos.

__ Poderes mágicos? -perguntou a menina.

__ Sim! Ela é mágica!!! -Respondeu o pai.

__ O que ela faz papai? -Perguntou a filha.

__ Ela transforma tristeza em alegria , raiva em amor, choro em sorriso... Enfim, ela transforma tudo o que é ruim em coisas boas.

Então a menina ficou super feliz com a cesta mágica que seu pai havia lhe dado. Guardou-a em uma caixa de brinquedos e foi dormir.

No outro dia, o pai levantou cedinho e foi ver se a filha estava acordada. Quando chegou no quarto dele viu a menina sentadinha no chão olhando a cestinha. Ao ver seu pai logo perguntou:

__ Como ela funciona papai?

O pai respondeu:

__ É assim, você coloca seus sentimentos dentro dela e ela faz a mágica.

__ Mas como vou colocar meus sentimentos? Perguntou a menina muito confusa.

O pai respondeu:

__ Você escreve tudo o que está sentindo de ruim, coloca dentro dela e ela faz a mágica.

O tempo passou e um dia a menina teve a oportunidade de usar a cestinha pela primeira vez. Ela tinha chegado da escola muito triste com uma coleguinha. Escreveu tudo o que estava sentindo e colocou dentro da cestinha. Quando o pai foi ver o que tinha lá dentro ele fez a mágica:escreveu muitas palavras bonitas para sua filha. A felicidade da menina foi muito grande ao encontrar a mágica e foi correndo contar ao pai o que tinha acontecendo. O pai ficou feliz pois viu que “a mágica” havia funcionado. E sua filha voltou a sorrir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário