domingo, 2 de maio de 2010

1º domingo de maio- Dia Batista de Ação Social

Clique sobre a imagem para ampliá-la, e ler o texto.
Como surgiu o dia batista de ação social:

O Dia Batista de Ação Social foi criado em 1995, na 76ª Assembleia da Convenção Batista Brasileira, em São Luis/MA. O objetivo de um dia especial é despertar a consciência quanto à responsabilidade social dos servos de Jesus Cristo e Igrejas Batistas, cumprindo o grande mandamento de “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”, numa demonstração de amor cristão.

Objetivos da celebração em 2010

• Criar oportunidade para se falar no assunto Ação Social.
• Apresentar a Ação Social que a Igreja realiza.

• Honrar aos que se dedicam nas ações.

• Ampliar as ações que a Igreja realiza como forma de testemunho cristão.

• Despertar os membros da Igreja para a necessidade de engajamento na obra.

• Incentivar a capacitação de líderes.

• Desenvolver uma Ação Social relevante para Igreja e para a comunidade.

• Promover a compreensão quanto à amplitude do Evangelho de Jesus Cristo que se preocupa com o ser humano em sua totalidade.

• Desafiar os crentes a se sentirem responsáveis pela utilização dos seus dons, talentos, capacidades e tempo, que lhes foram dados por Deus no serviço ao próximo.

• Mobilizar e incentivar a Igreja a desenvolver e/ou dinamizar o programa de ação social.
Sendo assim, qual deve ser a nossa postura como servos do Deus altíssimos frente aos desafios sociais deste tempo, em nossa comunidade?
Creio que a resposta a esta questão poder se dar em diferentes níveis:
1. Nível Individual – Diz respeito àquilo que eu posso fazer na perspectiva de minimizar o sofrimento das pessoas menos favorecidas (Trabalho voluntário, doações, adoções etc.)
2. Nível igreja local – Diz respeito àquilo que como igreja realizamos. Neste sentido, algumas ações têm sido desenvolvidas, tais como: cestas básicas, receitas médicas, doações de roupas, bolsa de estudo e suporte àqueles que passam por necessidades momentâneas, além de dedicar uma verba em seu orçamento com esta finalidade, promovendo também, a sensibilização, por meio de seu corpo diaconal, responsável por este ministério.
3. Nível Denominacional – Através do Comitê de Ação Social, a CBM tem atuado na SENSIBILIZAÇÃO, visando promover a sensibilização da denominação, em todos os seus segmentos, no tocante à responsabilidade social cristã, compreendida sob a forma de ação social, serviço social e assistência social. Na CAPACITAÇÃO, oferecendo às Associações oficinas nas áreas: Implantação de Projeto Social, Terceira Idade, Cidadania e Políticas Públicas. Na ASSESSORIA A IGREJAS E PROJETOS SOCIAIS, em apoio, como órgão de assessoramento, às Igrejas e instituições batistas, no estudo e realização de projetos na área social e por meio do COORDENADOR REGIONAL DE AÇÃO SOCIAL, que assessorara e sensibiliza as Igrejas Batistas nas Associações através do Coordenador Regional de Ação Social.
Pr. Wagno Alves Bragança
Pastor da Igreja Batista Memorial Belo Horizonte
www.igmemorial.or

Nenhum comentário:

Postar um comentário